• Diretores do IPDA participam de debates sobre direito público

    O presidente do IPDA – Instituto Brasileiro de Direito Administrativo, Edgar Guimarães, e os diretores Rodrigo Pironti, Adriana da Costa Ricardo Schier e José Anacleto Abduch Santos participaram do 32º Congresso Brasileiro de Direito Administrativo, realizado de 17 a 18 de setembro, em Florianópolis (SC).

    Edgar Guimarães

    O encontro reuniu juristas renomados, profissionais de destaque e estudiosos em geral, que discutiram fundamentos e dos rumos do Direito e da Administração Pública, focando em temas como corrupção, contratações públicas, eficiência da administração, concessões, moralidade administrativa, controle das políticas públicas, improbidade. O evento é promovido pelo IBDA – Instituto Brasileiro de Direito Administrativo.

    “Improbidade à brasileira: rediscutindo dolo e culpa” foi uma das pautas discutidas no congresso.  O painel de debates foi mediado pelo professor Manolo Del Omo e contou com as reflexões dos palestrantes Clóvis Beznos, Maurício Zockun e Edgar Guimarães, presidente do IPDA.

    Painel de debates

    O diretor do IPDA, Rodrigo Pironti, participou do painel “Licitações: contratações eficientes e prevenção da corrupção”, que contou com as professoras Carolina Zancaner Zockun e Tatiana Camarão, e mediação do professor Bruno Belém (GO).

    Rodrigo Pironti

    O tema “Como tornar efetiva a defesa do usuário de serviço público” foi mediado pela professora Dinorá Adelaide Musetti Grotti e debatido pelos professores Fernando Menezes de Almeira, Adriana da Costa Ricardo Schier e Luísa Cristina Pinto Netto.

    Adriana da Costa Ricardo Schier

    O diretor do IPDA José Anacleto Abduch Santos presidiu a comissão da sessão de apresentação de experiências inovadoras em gestão pública. O professor do Paraná Romeu Felipe Bacellar Filho integrou a mesa de abertura do evento, presidida por Fabrício Motta, presidente do IBDA.

    José Anacleto Abduch Santos

    Foram três dias de congresso que contou com palestras especiais de abertura, 18 painéis simultâneos em salas especiais, entrega dos prêmios “Maria Sylvia Zanella Di Pietro” do Concurso de Artigos Jurídicos e de Melhor Experiência Inovadora em Gestão Pública; lançamento de livro e conferência de encerramento com o jurista Celso Antônio Bandeira de Mello.

    Fabrício Motta