• Diretoria do IPDA traça metas para 2018 e anuncia eventos na área do Direito Administrativo

    Renato Andrade, Edgar Guimarães, Rodrigo Pironti, José Anacleto Abduch e Adriana Schier

    O Instituto Paranaense de Direito Administrativo – IPDA reuniu a diretoria visando traçar as metas de atuação para 2018. O presidente da entidade, Edgar Guimarães fez um breve relato das atividades realizadas em 2017, destacando que foi um ano de muito trabalho. Para marcar o êxito das ações desenvolvidas, a diretoria confraternizou em um almoço.

    Na agenda do IPDA de 2018 está a organização de dois eventos de relevância para a área do Direito Administrativo, adiantou o presidente. Em março, a entidade realizará o VIII Congresso da Associação de Direito Público do Mercosul e o VII Congresso Sulamericano de Direito Administrativo. Os encontros acontecerão em Foz do Iguaçu.

    Para o diretor executivo Rodrigo Pironti Aguirre de Castro, os congressos que o IPDA promove há muitos anos têm brindado o cenário jurídico paranaense com nomes de destaque regional, nacional e internacional, com abordagens atuais e de interesse dos cidadãos, dos operadores do direito e da administração pública.

    O presidente Guimarães lembrou que o IPDA dará continuidade as demais ações como, por exemplo, a realização de cursos e treinamentos e a promoção de pesquisas para identificação de problemas relevantes do Direito Administrativo e  que contribuem para a contínua atualização e especialização dos profissionais da área.

    Compõem ainda a diretoria do IPDA, Antonio Baccarin (vice-presidente), Adriana da Costa Ricardo Schier (diretora acadêmica), José Anacleto Abduch Santos (tesoureiro) e Renato Cardoso de Almeida Andrade (secretário-geral). A entidade homenageia o professor Manoel de Oliveira Franco Sobrinho (1916-2002) como presidente de honra, o professor Romeu Felipe Bacellar Filho (presidente emérito) o professor Miguel Seabra Fagundes (patrono).